ENTERTAINMENT

Advogado levou 7 facadas e morreu após golpe no tórax, aponta laudo

Advogado levou 7 facadas e morreu após golpe no tórax, aponta laudo #Advogado #levou #facadas #morreu #após #golpe #tórax #aponta #laudo Welcome to Viasildes, here is the new story we have for you today:

You Can Click Here To View Restricted Videos/Images in this Article

O advogado Victor Stephen Pereira Coelho, de 27 anos, morreu após levar sete facadas – sendo o golpe fatal aplicado no tórax. É o que aponta o laudo de exame de necropsia, produzido pelo Instituto Médico Legal (IML). O caso ocorreu no Rio de Janeiro, no dia 22 de julho.

De acordo com o documento, obtido pelo portal G1, a maior perfuração chegou a 70mm de comprimento. As outras facadas foram aplicadas na cabeça, no braço direito e no braço esquerdo e mais duas na região da costela do advogado.

A região do tórax também recebeu um segundo golpe, mas esse foi mais leve, segundo os peritos.

O caso

O jovem foi vítima de um ataque criminoso na noite da sexta-feira (22/7), na estação Saara do VLT, no centro do Rio de Janeiro. Segundo uma testemunha, ele implorou pela vida no momento em que foi esfaqueado por um homem forte, vestido de calça e casaco: “Por favor, não me mate”.

Durante o ataque, Victor foi agredido e, já no chão, acabou esfaqueado. De acordo com a polícia, quando os agentes encontraram o corpo do advogado, o celular e a carteira não estavam no local. Imagens obtidas pelo jornal O Globo mostram que o homem tira objetos dos bolsos da vítima.

Veja o vídeo (cenas fortes):

 

 

Pelas imagens é possível perceber que Victor tenta fugir do ataque, mas é agredido pelo criminoso. Ele chega a conseguir se desvencilhar, mas é novamente alcançado. De acordo com a testemunha, que não quis se identificar, o rapaz implorou para não ser espancado. Imediatamente o 190 foi acionado.

Suspeito

A polícia acredita que o crime foi praticado por Wilson José Câmara de Oliveira, de 37 anos.

Às 23h38, os dois aparecem juntos andando pela Rua da Constituição, virando à direita da Praça da República e seguindo em direção a estação Saara do VLT.

A 29ª Vara Criminal da Capital do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) expediu um mandado de prisão temporária contra Wilson José. Ele segue foragido da Justiça.

Click Here To Continue Reading from Source

Related Articles

Back to top button